Buscar

Glândula Timo

GLÂNDULA TIMO, ONDE SE ABRIGA A ALEGRIA, A ALMA, A VIDA


No meio do peito, debaixo do esterno, a frente do coração, é lá que fica a glândula timo. Do grego, thymos, significa energia vital.


Quando somos crianças esta glândula é grande, e cresce quando estamos contentes, encolhe se nos estressamos e fica minúscula quando adoecemos. Sim, ela reage a como nos sentimos e devemos aprender a cuidar dela, pela nossa saúde.


Antes a timo era considerada completamente sem utilidade, até se achava daninho quando esta glândula estava grande, o que acontece nas pessoas felizes e saudáveis, mas, atualmente, a ciência já conseguiu entender, e demonstrar, que a timo é “um dos pilares do sistema imunológico, junto com as glândulas adrenais e a espinha dorsal, e está diretamente ligada aos sentidos, à consciência e à linguagem”.


Algumas ervas medicinais ajudam na manutenção da glândula timo, como o gengibre e o alecrim.


A glândula timo faz as conexões do nosso organismo com o meio externo e o inverso também. Ela reage imediatamente quando estamos sob ataque de micróbios ou toxinas e também é sensível a imagens, cores, luzes, odores, sabores, gestos, toques, sons, palavras, pensamentos e até sentimentos como amor e ódio.


Para manter sua glândula timo saudável e atuante, cuide dos seus pensamentos (os positivos a fazem reagir positivamente, claro) e realize alguns exercícios fáceis, todos os dias (veja logo abaixo).


Embora a glândula timo esteja relacionada com o chakra cardíaco – veja bem, é ela que encolhe quando a gente sente o “coração apertado”, segundo especialistas ela está diretamente associada a um chakra novo “ao qual damos também o nome de Thymus. Este chacka começou a aparecer entre 1998 e 2003, devido a uma mudança de posição da terra em relação à galáxia”, conforme explica Katia Guedes, professora da “Visão da Aura”, um curso desenvolvido pelo Rainer Strücker, da Alemanha.


ALGUNS EXERCÍCIOS PARA MANUTENÇÃO DA GLÂNDULA TIMO


O primeiro exercício básico e fundamental é massagear a glândula timo. Você consegue fazer essa massagem ao dar batidinhas leves, com as pontas dos dedos, sobre o esterno, no meio do peito. Faça este exercício todas as manhãs, e à noite, respirando suavemente, em situação de relaxamento. Você também se ajudará se, ao fazer o exercício, mentalizar uma imagem luminosa agradável, em rosa e verde, que são as cores de alimentação do chakra cardíaco.


Os movimentos de alongamento dos membros superiores, do pescoço, da nuca, dos ombros, também ajudam muito na saúde da glândula timo, mais uma razão para praticá-los rotineiramente.


Outro grupo de exercícios para a glândula timo são estes que encontramos no Somostodosum e que recomendamos enfaticamente.


Estes exercícios estimulam a timo, a tireoide, a paratireoide, os chakras cardíaco e laríngeo e também o músculo cardíaco, ou seja, o coração físico. Estes exercícios são importantes para que a timo não perca sua capacidade de se expandir em amor. Esta é uma situação comum na idade avançada, quando esta glândula pode se contrair tanto que chega a petrificar.


São exercícios relacionados com vocalização de sons mântricos e movimentos suaves, porém muito efetivos.


1º Exercício: feche a mão totalmente e role as juntas (as falanges proximais e médias) por sobre o Timo, na região central do peito, entre os mamilos e em sua direção, com certa pressão para ativar este centro energético e sua glândula. Esses movimentos ativam a timo e liberam a estagnação do coração.


2º Exercício: a pronúncia da vogal “A” muito lentamente e aberta, com consciência, trabalha a amorosidade no Ser e faz vibrar a glândula e a região ao redor, como o chakra laríngeo, transformando todas as estagnações que neles houver. É o cardíaco sendo acionado e elevando-se ao seu chakra superior, o chakra do verbo.

Fonte do texto/foto:

https://www.greenme.com.br/viver/saude-e-bem-estar/62917-glandula-timo-onde-se-abriga-a-alegria-a-alma-a-vida/