Buscar

NO OLHO DA TEMPESTADE



Quando estiver no olho da tempestade, respire, não tente fugir. Submerja ao centro da dor - há muito a ser curado (aspectos ainda negados, esperando pelo seu auto-olhar amoroso). Não há nada fora, está tudo aí dentro. Encare os medos profundos, os enfrente. Respire. Sinta. Acolha tudo sem julgamentos. Chore. Solte. Vai passar.


Com amor,


Aline Keny

 

Imagem via Internet