Buscar

QUAL O SEU TALENTO?

Talento é diferente de dom. Dom é uma qualidade inata, ou seja, nasce com a pessoa. Já o talento é desenvolvido e depende da determinação, do preparo, do trabalho, da persistência.


Tradicionalmente, talento é definido como uma habilidade inata, que permite ao seu possuidor realizar algo com destreza especial. Mas talento não é dom, não nasce com a pessoa, e sim, é desenvolvido com a prática, o que demanda tempo e persistência. Alguém talentoso é capaz de agregar valor por meio de seu trabalho, de suas ideias, de seu comportamento e de seu comprometimento .


DOM, TALENTO E VOCAÇÃO E A TRILOGIA DAS CORES


Há uma analogia entre este tema e a obra do cineasta polonês Krzysztof Kieslowski, que dirigiu a Trilogia das Cores (A liberdade é Azul, A Igualdade é Branca e A Fraternidade é Vermelha). Ela compara a trilogia dizendo que o dom é branco, o talento é vermelho e a vocação é azul, porque essa trilogia de cores formaria o pequeno arco-íris de nosso destino.


O dom é branco, espiritual, porque é um presente de Deus, ou, se soar melhor para você, da Natureza, que é onde sentimos mais a presença divina. O talento é vermelho porque depende da força, do suor, do músculo, da determinação para ser desenvolvido e aprimorado. A vocação é azul porque representa um chamado, algo que vem do horizonte, da imensidão da linha onde o mar se transforma em céu; da vida, enfim.


Texto de Eugênio Mussak

Foto por Nil Rodrigues