Buscar

SAT NAM “A verdade é minha identidade”

SAT NAM “A verdade é minha identidade”


Todos estão em busca da felicidade. No Srimad Bhagavatam, a essência da literatura védica, é citado:


“Quando você pode molhar a raiz de uma árvore, aquela água naturalmente alcança a cada folha, e a cada galho, e cada flor da árvore”.


Então, quando nós encontramos a origem do nosso verdadeiro prazer, e sentimos o doce infinito amor que Deus tem por nós, percebemos nosso potencial para amar a Deus, e este amor naturalmente se expande para todos os seres vivos.


Quando nos esquecemos disso, permanecemos em uma jornada interminável tentando encontrar este sentimento em algum lugar, mas a natureza da vida é: eventualmente percebemos que se eu não consigo encontrar a felicidade no meu interior, eu nunca a encontrarei em outro lugar, e é aí onde a verdadeira prática da Yoga começa. Quando nós entendemos a oscilante e temporária “natureza deste mundo”, podemos compreender a beleza disso.


Texto baseado no Documentário: Yoga – Arquitetura da Paz